domingo, 6 de julho de 2014

Every single day

Amo. Não um amor qualquer, desses que encontramos em qualquer esquina. Amo um amor único, verdadeiro.

Amo um amor desses que aguenta a distância, seja ela física ou não. Aguenta os chuviscos e as tempestades, só não aguento a indiferença.

Amo um amor que dá saudade, every single day, do abraço, da palavra, do sorriso. Um amor conformado, de quem pouco ou nada mais pode fazer, mas sente falta dezenas de vezes por dia.

Amo esse amor assim, inquieto, sofrido, que só quer estar junto. Em todos os momentos.