sobre o blog



Escrevo o que não consigo dizer, o que me falta coragem para encarar. Escrevo meus nós na garganta, meus frios na barriga, minhas lágrimas, minhas gargalhadas. Escrevo meus amores e minhas decepções. Meus sonhos e minhas angústia. Escrevo porque transbordo. Porque não cabe em mim tanto sentimento. Escrevo porque o que sinto aqui dentro, preciso também sentir na pele. Escrevo para me entender e para me entenderem. Para desabafar e para me convencer. Escrevo porque comigo a anatomia ficou louca, sou toda coração.

O blog é autobiográfico, mas não é uma cópia da realidade. O que escrevo aqui mistura realidade, ficção, sonhos e ilusões.

Carol Soares