sábado, 5 de julho de 2014

Assim que é bom

O que me encanta é gente bonita, mais por dentro que por fora. Gente que tem o coração grande e, mesmo que falte espaço, arruma um jeito de fazer caber quem precisa. Gente que ajuda até quando não pode, que abre os braços cansados, que perde noites de sono e ainda amanhece com um sorriso.

Gosto de quem fala olhando no olho, de quem tem atitude e assume o que sente. Gosto de gente que se expressa com o olhar e se declara com um toque. De gente que me faz ter ataques de riso e topa até programa de índio.

Me apaixono por sorrisos sinceros e abraços calorosos. Gosto de quem sabe dançar ou dança mesmo sem saber. De quem atravessa a cidade por um beijo, de quem faz chá quente.

Gosto, mas gosto mesmo de quem quer estar junto, mesmo que a distância.