terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Vem, ano, vem

Na contramão da minha decisão de criar codornas, ao invés de expectativas, me rendi à lista de promessas para 2014.


  • Ter mais paciência com as pessoas.
  • Abrir meu coração.
  • Aproveitar o verão, essa invenção maravilhosa.
  • Ficar dourada de sol e de felicidade.
  • Sorrir mais.
  • Ser mais gentil.
  • Me apropriar desse poder de guiar minha própria vida do jeito que eu quero.
  • Ser mais bem humorada.
  • Usar menos celular e mais papel, máquina fotográfica, abraços e contato físico.
  • Mandar aqueles quilos todos pro espaço, sem passagem de volta.
  • Dar uma voadora na TPM.
  • Ver o lado bom da vida.
  • Sentir mais saudade.
  • Sentir menos saudade.
  • Fazer passeios fotográficos.
  • Ser feliz onde eu estiver e com quem eu estiver.
  • Me aproveitar de toda essa vontade de viver que descobri dentro de mim.
  • Ficar perto só de quem me faz bem.
  • Fazer novos amigos.
  • Apertar muito as pessoas que eu amo.
  • Dançar, Correr, Viajar, Ler, Escrever, Beijar, Perdoar, Amar.
  • Sambar na cara de qualquer guru ou previsão astrológica que venha dizer que esse será um ano ruim.