terça-feira, 28 de maio de 2013

Não vivo pela metade

Descobri que não sei ser mais ou menos. Nunca amei mais ou menos. Nunca namorei mais ou menos. E não consigo viver mais ou menos.

Não sei me entregar mais ou menos, não consigo confiar mais ou menos, muito menos gostar mais ou menos.

 
 "Nos demais,
todo mundo sabe,
o coração tem moradia certa,
fica bem aqui, no meio do peito...
mas comigo a anatomia ficou louca.
Sou todo coração -
em todas as partes palpita."

Maiakovski